Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10174/7755

Title: Evaporação e evapotranspiração
Authors: Rodrigues, Carlos
Editors: Shahidian, Shakib
Guimarães, Rita
Rodrigues, Carlos
Keywords: Hidrologia
evaporação
Evapotranspiração
Issue Date: Nov-2012
Publisher: ICAAM - ECT da Universidade de Évora
Citation: Rodrigues (2012). Evaporação e evapotranspiração in Hidrologia Agricola, ICAAM - ECT da Universidade de Évora
Abstract: Capítulo 8 Evaporação e evapotranspiração Carlos Miranda Rodrigues ICAAM - Instituto de Ciências Agrárias e Ambientais Mediterrânicas, Escola de Ciência e Tecnologia Universidade de Évora 1. Definições Designa-se por evaporação (E) o processo de passagem da água do estado líquido ao estado gasoso a qualquer temperatura inferior ao ponto de ebulição. A passagem do estado sólido ao estado gasoso designa-se por sublimação, no entanto, no balanço hidrológico a sublimação é computada globalmente com a evaporação (Lencastre, 1984). A mudança do estado sólido ou líquido para o estado gasoso dá-se quando a energia cinética das moléculas que constituem a substância aumenta, exigindo por isso, para se fazer com temperatura constante, consumo de uma certa quantidade de energia. Esta quantidade de energia por unidade de massa da substância é o chamado calor de vaporização. Evaporação que ocorreria se a água não constitui-se um fator limitante e a pressão de vapor da superfície evaporante fosse a da saturação, é designada por evaporação potencial (Ep). Designa-se por transpiração (T) a evaporação da água absorvida pelas plantas e por elas eliminadas nos diferentes processos biológicos (Lencastre, 1992), isto é, a passagem de vapor de água das plantas para a atmosfera. A passagem da água absorvida pelas plantas para a atmosfera dá-se, principalmente, através dos estomas (poros existentes na parte inferior das folhas). Os estomas abrem-se com a luz solar, permitindo a difusão do dióxido de carbono para o interior das folhas, a água contida nas células passa para os espaços intercelulares, onde é vaporizada e, quando os poros estão abertos escapa-se para a atmosfera, sendo a água transpirada substituída pela água que as raízes vão buscar ao solo. O conjunto destes dois processos constitui a evapotranspiração (Et), que inclui portanto, a transpiração das plantas e a evaporação do meio circundante (superfície do solo, água das retida nas depressões do terreno, rios, lagos, etc.).
URI: http://hdl.handle.net/10174/7755
Type: bookPart
Appears in Collections:ERU - Publicações - Capítulos de Livros

Files in This Item:

File Description SizeFormat
HidrologiaAgricola_Capítulo 8.pdf222.58 kBAdobe PDFView/OpenRestrict Access. You can Request a copy!
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Dspace Dspace
DSpace Software, version 1.6.2 Copyright © 2002-2008 MIT and Hewlett-Packard - Feedback
UEvora B-On Curriculum DeGois