Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10174/27019

Title: O tédio como fenómeno cultural
Authors: Borges-Duarte, Irene
Pó, Gabriela
Editors: Passos, Maria Consuelo
Amorim, Marisa
Keywords: Tédio
Fenomenologia
Cultura
Contemporâneo
Issue Date: Nov-2019
Publisher: CRV
Citation: BORGES-DUARTE, I.; PÓ, G.: “O tédio como fenômeno cultural: aspectos do mal-estar do homem moderno”, in Passos, M.C. & Sampaio, M.A. (Org.), Psicologia clínica nas Fronteiras Saúde, Educação e Cultura. Curitiba, Editora CRV, 2019, 43-62
Abstract: O padecimento psíquico enquanto sofrimento existencial é uma manifestação da afectividade, em que se traduz o nosso vínculo com o mundo em que somos e estamos, dando-se desse modo expressão à experiência conjunta e unitária do próprio e do aberto como cultural, marcado pelo tempo e espaço da nossa pertença a um coletivo histórica e geograficamente situado. Através do tédio, é esse nosso vínculo com o mundo e o seu tempo que irrompe no curso da existência. É intenção do presente texto defender que o tédio é não só uma fonte de sofrimento psíquico individual, mas também uma experiência cultural especialmente característica da modernidade tardia, na civilização ocidental.
URI: http://hdl.handle.net/10174/27019
ISBN: 978-85-444-3859-6
Type: bookPart
Appears in Collections:FIL - Publicações - Capítulos de Livros

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Tédio como fenómeno cultural.pdf28.09 MBAdobe PDFView/Open
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Dspace Dspace
DSpace Software, version 1.6.2 Copyright © 2002-2008 MIT and Hewlett-Packard - Feedback
UEvora B-On Curriculum DeGois