Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10174/24889

Title: Variações fisiológicas face à aclimatação sazonal – Estudo em vacas leiteiras com diferente potencial leiteiro
Authors: Silva, Flavio
Pinheiro, Cristina
Cachucho, Liliana
Matos, Catarina
Geraldo, Ana
Lamy, Elsa
Silva, Capela
Infante, Paulo
Pereira, Alfredo
Editors: Santos, Sofia
Almeida, Mariana
Keywords: aclimatação
vacas leiteiras
sazonal
fisiologica
Issue Date: 2018
Publisher: Associação Portuguesa de Engenharia Zootécnica (APEZ)
Citation: Silva, F., Pinheiro, C., Cachucho, L., Matos, C., Geraldo, A., Lamy, E., Capela e Silva, F., Infante, P., and Pereira, A. (2018) Variações fisiológicas face à aclimatação sazonal – Estudo em vacas leiteiras com diferente potencial leiteiro. Revista Portuguesa de Zootecnia: Edição especial XX ZOOTEC – 20º Congresso Nacional de Zootecnia. p147-153
Abstract: As alterações climáticas estão identificadas como uma das maiores ameaças ambientais, sociais e económicas para o planeta. O aumento de eventos climáticos extremos, como secas prolongadas, temperaturas extremas ou períodos com precipitação intensa e prolongada têm efeitos nos sistemas de produção animal (Avendaño-Reyes, 2012). Sabese que temperaturas elevadas afetam o bem-estar e o desempenho dos animais, pois provocam sérias alterações nas suas funções biológicas, como a diminuição na ingestão de matéria seca, na eficiência de utilização dos nutrientes e alterações metabólicas e hormonais (Marai et al., 2007). Nos bovinos leiteiros, estas mudanças culminam na redução da fertilidade, na diminuição da produção leiteira e da qualidade do leite, bem como na diminuição da resposta do sistema imunológico (Avendaño-Reyes, 2012). Segundo Kadzere et al. (2002), o progresso genético refletir-se-á em animais cada vez mais produtivos, uma vez que a seleção, em grande parte, tem vindo a ser efetuada pela quantidade de leite e não pela adaptabilidade às condições ambientais. Assim, as vacas de alta produção converteram-se em animais extremamente sensíveis a ambientes quentes (Cerqueira, 2013; Bernabucci et al., 2014). Quando expostos a um stresse térmico por calor prolongado, as vacas tendem a aclimatarem-se por forma a reajustarem a sua fisiologia para a menor aquisição de calor e à maior perda de calor (Horowitz, 2001), com efeitos negativos na produtividade do animal (Bernabucci et al., 2010). O objetivo deste estudo foi estudar o processo de aclimatação sazonal em vacas leiteira com distintos potenciais leiteiros. Pretendeu-se avaliar as respostas de vacas leiteiras de alto e baixo potencial leiteiro, aclimatadas ao Verão e ao Inverno, relativamente aos parâmetros composição do leite, temperatura retal, frequência respiratória, hemograma e triiodotironina.
URI: http://hdl.handle.net/10174/24889
Type: article
Appears in Collections:ICAAM - Publicações - Artigos em Revistas Nacionais Com Arbitragem Científica

Files in This Item:

File Description SizeFormat
XX ZOOTEC – 20º Congresso Nacional de ZootecniaFlavio.pdf532.99 kBAdobe PDFView/Open
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Dspace Dspace
DSpace Software, version 1.6.2 Copyright © 2002-2008 MIT and Hewlett-Packard - Feedback
UEvora B-On Curriculum DeGois