Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10174/24789

Title: Sistemas de gestão dos montados e a qualidade do solo
Other Titles: Evergreen oak woodlands (“montados”) management systems and soil quality
Authors: Rodrigues, Ana Raquel
Madeira, Manuel
Monteiro, Fernando
Alexandre, Carlos
Keywords: montado
sustentabilidade
qualidade do solo
pastagens melhoradas
gado bovino
Issue Date: 20-Jun-2018
Citation:  Rodrigues, Ana Raquel; Madeira, M.; Monteiro, F. & Alexandre, C. 2018. Sistemas de gestão dos montados e a qualidade do solo. VIII Congreso Ibérico de las Ciencias del Suelo / VIII Congresso Ibérico de Ciências do Solo, Donostia-San Sebastián, 20-22 Junio 2018, pp. 138-141. Disponível em (6/09/2018) http://www.cics2018.com/libro-de-abstracts/
Abstract: A sustentabilidade do mais importante sistema agroflorestal da Península Ibérica (montado em Portugal, dehesa em Espanha) está intimamente relacionada com a sua gestão. Ao longo de séculos, as intervenções humanas formaram estes sistemas de produção múltipla, mas erguem-se actualmente questões relativas à sua viabilidade a longo prazo. A falha da regeneração natural e a degradação do solo, evidenciaram a necessidade de medidas de conservação e recuperação. A instalação de pastagens melhoradas, com elevada proporção de leguminosas, é recomendada para a melhoria da produtividade e da qualidade do solo. No entanto, todos os factores locais e de gestão devem ser considerados para estimar os benefícios destas práticas. Desenvolveu-se um estudo para avaliar modificações da qualidade física e química do solo, perante recentes alterações de gestão, nomeadamente instalação de pastagens melhoradas e introdução de bovinos. Os resultados confirmaram o efeito benéfico das pastagens melhoradas sobre a qualidade química do solo, maioritariamente através de aumentos de C, N e P. Mas as propriedades físicas responderam mais evidentemente à introdução de bovinos e ao respectivo pisoteio. Perante a actual tendência de intensificação do pastoreio e mudança de tipo de gado, maior atenção deverá ser dada aos factores locais e de gestão susceptíveis de afectar a sustentabilidade do sistema. - - - Sustainability of the most important agroforestry system in the Iberian Peninsula (montado in Portugal, dehesa in Spain), is closely related to management. Human interventions have shaped these multipurpose production systems along centuries, but questions are now rising about its long-term viability. Lack of tree regeneration and soil degradation, have highlighted the need for protective and restorative measures. Sowing improved pastures, with high proportion of legume species, is recomended to enhance pasture productivity and soil quality. But all local and management factors must be taken into account when predicting these practices benefits. A study has been conducted to evaluate how soil physical and chemical quality is being affected by recent management changes, such as improved pastures and cattle introduction. Results confirmed the beneficial effects of improved pastures on soil chemical status, mostly through soil organic C, N and P enhancement. However, soil physical properties responded more evidently to cattle introduction and consequent trampling effect. Whithin the current trend of grazing intensification and change of grazing species, greater attention must be paid to management and local variables that can affect the systems sustainability.
URI: http://www.cics2018.com/libro-de-abstracts/
http://hdl.handle.net/10174/24789
Type: article
Appears in Collections:ICAAM - Artigos em Livros de Actas/Proceedings

Files in This Item:

File Description SizeFormat
CICS_2018_p138-141.pdf179.98 kBAdobe PDFView/Open
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Dspace Dspace
DSpace Software, version 1.6.2 Copyright © 2002-2008 MIT and Hewlett-Packard - Feedback
UEvora B-On Curriculum DeGois