Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10174/20791

Title: Alterações no consumo de presas pela lontra euroasiática (Lutra lutra) numa ribeira mediterrânica durante a seca estival
Authors: Marques, Carla Maria das Neves
Advisors: Mira, António
Issue Date: Oct-2009
Publisher: Universidade de Évora
Abstract: A pressão provocada pela predação por lontras sobre espécies endémicas de peixes, onde a presente dissertação de mestrado se focou, inseriu-se num projecto financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia, denominado "O papel dos refúgios estivais na estruturação das comunidades piscícolas de rios Mediterrânicos". A maioria das ribeiras e pequenos rios mediterrânicos secam ou então ficam reduzidos a uma série de pegos isolados durante o Verão, reduzindo a disponibilidade de habitats para espécies piscícolas e provocam um aumento da concentração de peixes. O objectivo deste projecto foi avaliar o papel ecológico deste tipo de refúgios na estruturação de comunidades piscícolas, durante períodos de seca e a forma como podem influenciar a sua dinâmica populacional, tendo em conta factores como risco de degradação ambiental, limitação trófica, competição e predação. A lontra é considerada o principal predador neste tipo de habitats e poderá desempenhar um papel importante na estruturação destas comunidades, uma vez que a importância dos pegos para esta espécie nestas circunstâncias já foi demonstrada. Os habitats mediterrânicos são ideais para testar hipóteses relacionadas com as alterações a longo prazo na dinâmica populacional de algumas espécies piscícolas, tendo em conta os efeitos da predação selectiva e do risco de predação de espécies endémicas de peixes de ribeiras mediterrânicas. Não existe conhecimento de estudos que tenham avaliado este potencial risco de predação pela lontra. O objectivo principal desta dissertação foi analisar a possibilidade de depleção de presas e se a pressão predatória sobre algumas espécies poderá contribuir para o mencionado processo, analisando a dieta da lontra, numa ribeira mediterrânica no sudoeste de Portugal, durante a seca estival. Verificou-se um decréscimo na contribuição relativa das principais presas, com um aumento máximo do índice de diversidade trófica durante Setembro e um aumento do consumo de presas menos energéticas. Os nossos resultados mostram que ocorreu um decréscimo progressivo no consumo das presas mais importantes e uma diminuição no nível de actividade das lontras desde Agosto até ao final do período seco. É discutido o papel da lontra na estruturação das comunidades piscícolas e o potencial risco de predação sobre espécies endémicas, surgindo assim a necessidade de um conhecimento aprofundado sobre mecanismos ecológicos e comportamentais adaptativos do predador e presas e são propostas futuras linhas de investigação. – ABSTRACT: This study is part of a comprehensive research project "The role of summer refugia on the fish community structuring in Mediterranean rivers". Most Mediterranean streams and small rivers become dry or break into isolated ponds during the summer, reducing the availability of fish habitats, and inducing higher fish concentrations. The research goal of this project was to assess the ecological role of refugia for fish assemblages according to its spatial variability, during dry periods, and how it may influence fish community dynamics, assessing limiting factors such as environmental degradation risk, trophic limitation, competition and predation. Otters are considered the main predator in this type of habitat and may play a part as a structuring factor, since the importance of ponds for this species in such circumstances has already been demonstrated. Mediterranean habitats are ideal to test some predictions leading to changes in the population dynamics of some fish species in the long term, taking into account prey selection effects and predation risk towards endemic fish species inhabiting Mediterranean streams. To our knowledge no studies have yet addressed this potential predation risk. The main goal of the present study was to evaluate whether there is prey depletion and if predation pressure towards some species contribute to this mentioned process, based on the analysis of otter spraints, in a Mediterranean stream in southern Portugal, during a summer period. The study area was a 12 km stretch of stream with several encompassed ponds, and three sections within this stretch were selected to assess otter diet. There was a decrease in the relative contribution of the main species, with maximum trophic diversity in early September, and an increase in the consumption of less energetically rewarding prey items. Our main results show evidences of a progressive decrease in the consumption of the most important prey items and a decrease in otter activity levels towards the end of the surveyed period, and we relate them to predatory behaviour and to the lower availability of food resources. The role of otters in structuring fish assemblages and endemic fish species predation risk is discussed, and future investigation studies are addressed.
URI: http://hdl.handle.net/10174/20791
Type: masterThesis
Appears in Collections:BIB - Formação Avançada - Teses de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Carla Maria das Neves Marques.pdf17.68 MBAdobe PDFView/OpenRestrict Access. You can Request a copy!
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Dspace Dspace
DSpace Software, version 1.6.2 Copyright © 2002-2008 MIT and Hewlett-Packard - Feedback
UEvora B-On Curriculum DeGois