Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10174/16082

Title: Ruanda e Darfur: análise de dois casos de intervenção internacional
Authors: Júlio, Daniel Sinclair
Advisors: Martins, Marco
Keywords: Ruanda
Darfur
Intervenção internacional
Rwanda
Darfur
International intervention
Issue Date: 2013
Publisher: Universidade de Évora
Abstract: Os países têm direito à sua soberania e à autodeterminação, mas quando este direito reconhecido entra em conflito com os direitos humanos qual é a resposta adequada a ser dada pela comunidade internacional? Diversos observadores e analistas consideraram que a comunidade internacional falhou no Ruanda em 1994, quando ali teve lugar o genocídio dos tutsis. Se a comunidade internacional falhou no Ruanda porque é que parece nada ter aprendido com esta experiência e voltou a falhar quando se deram os conflitos no Darfur? Será porque a natureza dos conflitos era diferente? Ou será porque nenhum Estado ou organização internacional está verdadeiramente interessado em arriscar a vida ou a imagem das suas forças de intervenção sem ganhar nada em troca? Estas são algumas das perguntas a que vou tentar responder nesta dissertação, onde compararei as duas regiões sob diversos aspectos, nas semelhanças, mas também na diversidade e, nomeadamente, ao nível da intervenção que se verificou num e noutro território. Estas questões – e as respostas a elas - são importantes para melhor compreendermos as razões, os valores e quais os cenários que levam a comunidade internacional a agir e a intervir militarmente quando estão em causa, e são violados, os direitos humanos, sobretudo quando se verificam casos de genocídio; ABSTRACT:All countries have the right to sovereignty and self-determination, but when it undermines human rights, what is the best response that the international community can have? It was said that the world failed Rwanda in the 1994 genocide, then why does it still fail in the case of the Darfur conflict? Is it because the nature of conflict is different? Or is it because no state or organization is interested in risking its troops without getting anything in return? These are some of the questions we'll try to answer in this paper, where we compare the two different regions including the level of intervention. This issue is important to better understand the reasons why the international community acts and intervenes militarily when human rights are violated, especially in the case of genocide.
URI: http://hdl.handle.net/10174/16082
Type: masterThesis
Appears in Collections:BIB - Formação Avançada - Teses de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Dissertação Final - Daniel Júlio.pdf681.04 kBAdobe PDFView/OpenRestrict Access. You can Request a copy!
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Dspace Dspace
DSpace Software, version 1.6.2 Copyright © 2002-2008 MIT and Hewlett-Packard - Feedback
UEvora B-On Curriculum DeGois