Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10174/15095

Title: Efeito de acções antropogénicas na dinâmica de comunidades herbáceas e arbustivas, em sistema de montado
Authors: Ferreira, Carla Sofia Borges Pinto da Cruz
Advisors: Gazarini, Luiz
Espírito Santo, Dalila
Keywords: Perturbações antropogénicas
Monotorização
Regeneração
Biodiversidade
Montado
Cistus salvifolius
Anthropogenic disturbance
Monotoring
Regeneration
Biodiversity
Issue Date: 2002
Publisher: Universidade de Évora
Abstract: O Montado constitui o sistema agro-silvo-pastoril predominante nas regiões Sul de Portugal, sendo a manutenção destas paisagens dependente do uso tradicional do solo. Para o ecossistema de montado, numa área de vegetação herbácea e outra arbustiva, foi estudado durante três anos a resposta de regeneração da vegetação, após corte, com incorporação, deposição e extracção da biomassa vegetal. O objectivo principal deste estudo consistiu na caracterização da dinâmica do agroecossistema montado, quando sujeito às tradicionais práticas de maneio, tendo em vista a conservação da diversidade biológica, e o seu uso sustentado. O estudo da evolução da flora foi feito através de levantamentos floristicos periódicos, em quadrados permanentes, com avaliação das percentagens relativas de cobertura, riquezas específicas e valores de biodiversidade e percentagens relativas dos tipos fisionómicos presentes. As duas comunidades regeneraram por processos de autosucessão. A parcela herbácea apresentou um período de recuperação anual. Na parcela arbustiva decorridos três anos já não existem diferenças significativas, quer em relação à situação inicial, quer entre os diferentes tratamentos. Nesta parcela os valores mais elevados de riqueza e diversidade específica observaram-se dois anos após as perturbações, diminuindo estes quando se estabeleceu a dominância das espécies arbustivas. /*** Abstract - The "Montado" is the main agroecossystem in southern Portugal, depending this landscape on the traditional soil uses. The vegetation regeneration as a response to experimental ploughing, mulching and mowing was studied for a three years period, in both herbaceous and shrub communities of a "Montado" ecosystem. The main objective of this study was to describe the "Montado" agroecossystem dynamics, towards the biodiversity conservation and it's sustainable use. Vegetation change was studied by periodical surveys in permanent plots. The cover values, species richness and diversity were estimated, as well as, the relative percentage of the fisionomic types. The two communities tended to recover by auto succession processes. The herbaceous plot recovered in the course of the first year. In the shrub plot no significant differences were registered after three years, either between the experimental treatments as in relation to the initial stage. The highest herbaceous cover and biodiversity values were observed in the latter, during the second year, decreasing afterwards as shrubs became dominant.
URI: http://hdl.handle.net/10174/15095
Type: masterThesis
Appears in Collections:BIB - Formação Avançada - Teses de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Carla Sofia Borges Pinto da Cruz Ferreira - Tese de Mestrado - 142 272.pdf15.17 MBAdobe PDFView/OpenRestrict Access. You can Request a copy!
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Dspace Dspace
DSpace Software, version 1.6.2 Copyright © 2002-2008 MIT and Hewlett-Packard - Feedback
UEvora B-On Curriculum DeGois