Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10174/14860

Title: O efeito do treino funcional no controlo postural numa equipa de futebol sub-19 ao longo de uma época desportiva
Authors: Cavaco, Nuno Ricardo de Oliveira
Advisors: Carús, Pablo
Fernandes, Orlando
Keywords: Futebol
Controlo postural
Treino funcional
Soccer
Postural control
Functional training
Issue Date: 2012
Publisher: Universidade de Évora
Abstract: Objectivo: Com o presente estudo, pretende-se verificar o efeito de um conjunto de exercícios de treino funcional, aplicados em jogadores de futebol ao longo de uma época, no controlo postural avaliado através de parâmetros tradicionais e não lineares. Metodologia: A amostra foi composta por um grupo experimental (GE) e outro de controlo (GC) com 9 elementos cada, atletas de uma equipa Futebol sub-19 que participa no campeonato nacional da primeira divisão na respectiva categoria. Foram realizadas, ao longo do estudo, 3 avaliações (inicial, intermédia e final) das oscilações dos centros de pressão dos jogadores em posição bipedal com olhos abertos (BOA) e olhos fechados (BOF) e unipedal esquerda/direita (UE/UD) com olhos abertos. O GE foi sujeito ao protocolo de treino funcional 2 vezes por semana durante 22 semanas. A recolha de dados foi efectuada utilizando-se uma plataforma de forças Bertec (60cmX40cm). Resultados: De salientar as diferenças significativas, na condição UE, entre GE e GC nas variáveis VMT nas 3 avaliações (p=0,031; p=0,037; p=0,028) e VM_AP na 2ª avaliação (p=0,022) e na condição UD nas variáveis Amp_AP (p=0,016) e VM_AP (p=0,043) na 2ª avaliação. Na análise efectuada intra-grupo de salientar as diferenças significativas constatadas no GE, na condição BOA, na DT (1ª-3ª av., p=0,022), Amp_AP (2ª-3ª av., p=0,035), AE (1ª-2ª av., p=0,048; 1ª-3ª av., p=0,022), EnAp_AP (2ª-3ª av., p=0,006) e EnAp_ML (1ª-3ª av., p=0,019) e na condição BOF também na EnAp_AP (2ª-3ª av., p=0,007) e na EnAp_ML (1ª-3ª av., p=0,041; 2ª-3ª av., p=0,019), constatações que não se verificaram no GC. Conclusões: O treino de futebol normal por si só é susceptível de melhorar o controlo postural nos jogadores de futebol. Contudo, a análise intra-grupo permitiu constatar que o treino de futebol normal juntamente com uma rotina de exercícios de treino funcional parece promover melhorias significativas num maior nº de variáveis nas condições BOA e BOF, tendo-se verificado nas mesmas condições de exercício diferenças significativas relativas à EnAp nas direcções AP e ML exclusivamente para o GE o que revela uma evolução significativa em termos de um maior automatismo do sistema de controlo postural no controlo da postura; ABSTRACT: Objective: The present study pretends to verify the effect of a functional training exercise routine, applied to soccer players during a season, in possible changes on the postural control, evaluated using traditional and non linear measures. Methods: The sample was composed by an experimental group (EG) and a control group (CG) with 9 participants each that participate in the under-19 national championship. Three evaluations (initial, intermediate and final) of the soccer players center of pressure sway were made in bipedal position with eyes open (BEO) and closed (BEC) and in unipedal position left/right (UL/UR) with eyes open. The experimental group participated in the functional training exercise protocol during 22 weeks, twice a week. The collection of data was made with a Bertec force platform. Results: In the UL condition, significant differences were observed between EG and CG in the variables VMT in the 3 evaluations (p=0,031; p=0,037; p=0,028) and VM_AP in the 2ª evaluation (p=0,022) and in UD condition in the variables Amp_AP (p=0,016) and VM_AP (p=0,043) in the 2ª evaluation. In the intra-group analysis carried out, significant differences were detected in EG, in the BEO condition, in DT (1ª-3ª ev., p=0,022), Amp_AP (2ª-3ª ev., p=0,035), AE (1ª-2ª ev., p=0,048; 1ª-3ª ev., p=0,022), EnAp_AP (2ª-3ª ev., p=0,006) and EnAp_ML (1ª-3ª ev., p=0,019) and in the BEC condition also in EnAp_AP (2ª-3ª ev., p=0,007) and in EnAp_ML (1ª-3ª ev., p=0,041; 2ª-3ª av., p=0,019), results that were not verify for the CG. Conclusions: Soccer training by is own is liable to improve postural control in soccer players. However, the intra-group analysis as disclosed that normal soccer training together with a functional training exercise routine seems to promote significant improvements in a great nº of variables in the BEO and BEC conditions. It was also found in the same exercise conditions significant differences relating to EnAp in the AP e ML directions exclusively for the EG witch can reveal a significant evolution in accordance with a greater automaticity of the postural control system in the control of posture.
URI: http://hdl.handle.net/10174/14860
Type: masterThesis
Appears in Collections:BIB - Formação Avançada - Teses de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Matriz de exercícios.pdf105.1 MBAdobe PDFView/OpenRestrict Access. You can Request a copy!
Dissertação Treino Desportivo.pdf1.08 MBAdobe PDFView/OpenRestrict Access. You can Request a copy!
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Dspace Dspace
DSpace Software, version 1.6.2 Copyright © 2002-2008 MIT and Hewlett-Packard - Feedback
UEvora B-On Curriculum DeGois