Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10174/11991

Title: Práticas educativas familiares e padrões de vinculação: um estudo com crianças de uma escola de Évora
Authors: Carapinha, Maria Inês Morais
Advisors: Melo, Madalena
Keywords: Família
Práticas educativas familiares
Vinculação na infância
Family
Family and educational practices
Childwood attachement
Issue Date: 2011
Publisher: Universidade de Évora
Abstract: O presente estudo procura conhecer e caracterizar as práticas educativas familiares utilizadas por progenitores, bem como a perceção que as crianças têm dessas práticas. Serão identificados os estilos educativos predominantes e a relação existente entre os estilos educativos e os padrões de vinculação na infância. Realizou-se um estudo de natureza quantitativa, constituído por uma amostra de 142 participantes (entre crianças e progenitores) de uma escola em Évora. Foi-lhes aplicada a Escala de Identificación de “Prácticas Educativas Familiares” (PEF) e o Inventário sobre Vinculação para a Infância e a Adolescência (IVIA), que identificam o estilo educativo e as representações de vinculação na infância, respetivamente. Os resultados revelaram que o estilo equilibrado é o mais utilizado pelos progenitores, enquanto que, ao nível das crianças, verificaram-se correlações estatisticamente significativas entre os estilos equilibrado e permissivo do pai e da mãe e que a vinculação segura parece ser mais predominante nas raparigas; Abstract: This study aims to understand and characterize the family educational practices used by parents, as well as the perception that children have such practices. Will be identified the predominant educational styles and the relationship between educational styles and attachment patterns in infancy. We performed a quantitative study, consisting of a sample of 142 participants (children and parents).They were applied to two scales: Identificación de “Prácticas Educativas Familiares” (PEF) e o Inventário sobre Vinculação para a Infância e a Adolescência (IVIA), which identify the educational style and attachment representations in childhood, respectively. The results of this study showed that the authoritative style is the most frequently used by parents, while the level of children there are significant statistically correlations between the authoritative and permissive style of parents and that secure attachment to be more prevalent in girls.
URI: http://hdl.handle.net/10174/11991
Type: masterThesis
Appears in Collections:BIB - Formação Avançada - Teses de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
_Maria+Inê...pdf_.pdf295.4 kBAdobe PDFView/OpenRestrict Access. You can Request a copy!
Tese de Mestrado-FINAL.pdf1.78 MBAdobe PDFView/OpenRestrict Access. You can Request a copy!
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Dspace Dspace
DSpace Software, version 1.6.2 Copyright © 2002-2008 MIT and Hewlett-Packard - Feedback
UEvora B-On Curriculum DeGois